Viagens para Argentina Preço – Fuja do Óbvio

0

Viajar para Argentina é mais fácil para os brasileiros, em particular para aqueles que moram em São Paulo (seja pela distância, seja pelos valores), saiba então que ir para Argentina não significa apenas viajar para Buenos Aires, existem outros lugares que não são tão badalados que você precisa conhecer e vai gostar muito.

Não perca a chance de conhecer lugares com diferentes vistas que possibilitam outras formas de entretenimento ao turista.

A capital de Buenos Aires e também a maior cidade da Argentina e continua sendo sua primeira parada favorita, mas fuja do óbvio quando pensar em Argentina, procure viajar para outras cidades ou regiões.

Ir para Argentina pode garantir um passeio por Cordoba, Mendoza ou Salta, você escolhe para onde deseja ir.

Por conta disso, os valores também variam muito:

Fizemos aqui uma seleção das melhores cidades para serem exploradas na Argentina. São elas:

rdova ou Cordoba

Cidade de ruas floridas, povo hospitaleiro, capital da província da Argentina de mesmo nome, muito popular por sua arquitetura colonial espanhola.

Abriga a Manzana Jesuítica (bairro jesuíta), um complexo do século 17 com claustros ativos, igrejas e o campus original da Universidad Nacional de Córdoba, considerada uma das mais antigas da América do Sul.

O principal destaque da cidade é a Plaza San Martín, com a Catedral de Córdoba em estilo neobarroco.

Destino fantástico para se sentir as mais variadas sensações, possuindo grande bagagem histórica e cultural com inúmeros destinos presentes em sua geografia. Disponível para os turistas os mais variados passeios.

Alguns pontos turísticos para visitar:

Museo Marques de Sobremonte: Localizado numa antiga casa da esquina, construída na primeira metade do século XVIII. Arquitetura é categorizada com habitações romanas e andaluzas. Você pode passear por todas as suas divisões onde vai encontrar pratarias, Tertulias e Armas incluindo o espaço do Marquês e da Música. Com destaque para um recinto exclusivo para homens, onde eram realizados jogos como cartas e negócios eram fechados.

Passeio no Coletivo Inglês: realiza passeios com guias que falam inglês e espanhol, mostrando a cidade em todos os dias da semana menos às quartas-feiras. Tendo duração 1:30h passa pelos lugares mais importantes do centro de Córdoba como: Plaza San Martín, Catedral, Cabildo, Cañada, Plaza Italia, Tribunais, Rua Cólon, Teatro Del Libertador San. Martín, Paseo del Buen Pastor, igreja dos Capuchinhos, Palácio Ferreyra, Parque Sarmiento, Cidade das Artes, Pontes Bicentenárias finalizando no novo Centro Cívico.

Tenha uma ideia do custo de vida em Córdova, acesse o site – https://www.expatistan.com/es/costo-de-vida/cordoba-argentina

Mendoza

Cidade da região argentina de Cuyo, considerada o centro da região vinícola do país, conhecida por seus Malbecs e vinhos tintos, possibilita fazer degustação e passeios em várias de suas bodegas. Prestigiada por ruas largas, arborizadas, edifícios de estilo moderno emoldurados por Art Déco. Lá destaca-se a Praça da Independência, onde está localizado o subterrâneo Museu Municipal de Arte Moderna apresentando exposições de arte moderna e contemporânea.

Pontos turísticos:

Parque General San Martín e Cerro de La Gloria – encontrando-se a poucos quarteirões do centro da cidade, você vai encontrar este parque que lhe oferece um verdadeiro contato com a natureza, sem sair da cidade, com amplos espaços verdes, monumentos e uma variedade de espaços destinados ao lazer e desportos.

Trekking pelas Cordilheiras dos Andes: passeio realizado no Parque Provincial Aconcágua situado na província de Mendoza, quase na fronteira com o Chile. Dentro desse parque está o Cerro Aconcágua, considerado o ponto mais alto do Hemisfério Sul. Local muito explorado por pessoas que gostam de trekking e alpinistas de todo mundo, superando seus limites numa escalada muito perigosa. Você verá uma paisagem deslumbrante, mesmo não sendo atleta, do Parque Provincial Aconcágua.

Salta

Cidade Argentina, uma das mais importantes do noroeste do país, localizada a leste da cordilheira dos Andes. Seu território abrange todos os tipos de vistas: desertos áridos, a oeste, verde exuberante da selva a leste. Faz fronteira com três países: Chile, Bolívia e Paraguai.

Clima determinado como serrano subtropical apresentando uma estação seca. Suas cadeias de montanhas têm influência na distribuição de chuvas. Na região leste predomina o clima semiárido com estação do ano seco e temperaturas de ordem de 20º C, apresentando também temperaturas superiores a 35º C no verão e -5º C no inverno.

Circuitos Turísticos:

Puna: na vastidão do planalto, situado a mais de 4000 metros, você encontra picos com neves eternas, vastos mares de sal, lagoas cheias de flamingos e vicunhas que se misturam na paisagem desértica.

Lá existem localidades como San Antonio de los Cobres e Tolar Grande que ainda carregam costumes ancestrais que se refletem em eventos culturais como Pachamama, Misachicos e Apacheta, entre outros.

Encontraremos enormes salinas, vulcões, estepes arbustivas, céu claro, sol penetrante e lagoas azuis, são apenas algumas das maravilhas que a Puna oferece para conseguir fotografias de grande impacto.

Salta City

Admire as perspectivas dos corredores urbanos da Rua Caseros na direção da igreja de São Francisco e do Convento de São Bernardo, da Rua San Juan, em direção à igreja La Viña

A estrutura original do Cabildo é mantida e percebemos sinais da história em suas paredes. Existe também a Basílica Catedral de Salta, iniciada em 1858, considerada um dos mais atraentes templos da Argentina.

Todo mês de setembro, a Catedral de Salta recebe milhares de devotos do Senhor e da Virgem do Milagre, patronos de Salta.

https://www.expatistan.com/es/costo-de-vida/ciudad-de-mendoza

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.