Dicas para ter uma empilhadeira funcionando bem por mais tempo!

0

Como aumentar a durabilidade da sua empilhadeira

Empilhadeiras são quase que essenciais em muitos segmentos. São máquinas que aumentam a produtividade da equipe e garantem maior segurança dentro das empresas. 

Hoje em dia, é possível comprar ou alugar uma empilhadeira. Aqueles que preferem adquirir esse equipamento sempre têm uma dúvida: como aumentar a durabilidade da empilhadeira? 

É uma questão bastante recorrente, por ser um item caro que requer um bom investimento das empresas. 

Então, é normal que queiram prolongar sua vida útil e, principalmente, diminuir custos com manutenções corretivas. Visto que, valores das peças e da mão-de-obra para consertar máquinas como essa afetam o bolso de todo empresário. 

Outro ponto negativo em ter empilhadeiras desgastadas, falhas e que não estejam funcionando bem é que  a empresa perde tempo e dinheiro com este equipamento parado.

Afinal, ninguém quer investir em uma máquina tão cara para ficar parada em manutenção, concorda?

Por isso, você verá algumas dicas de como ter sua empilhadeira sempre funcionando bem. Dessa forma, esta máquina industrial será uma grande aliada no dia a dia da sua organização, e não uma dor de cabeça. 

Empilhadeiras: como funcionam?

Antes de conhecer as dicas, é importante saber como a empilhadeira funciona e seus componentes técnicos. Somente assim será possível aplicar as dicas com mais eficiência. 

Empilhadeiras atuam no carregamento, armazenamento, recebimento e descarga de materiais. São máquinas essenciais em diversos segmentos por auxiliarem na movimentação de cargas leves ou pesadas. 

Ainda são grandes aliadas das organizações por reduzirem custos operacionais, melhorarem o rendimento da equipe, trazerem mais segurança às cargas e aos funcionários e  otimizar processos internos. 

É uma máquina versátil, uma vez que pode ser usada no transporte de cargas em galpões, armazéns, supermercados, dentro de empresas, estoques, entre outros locais.

Como funcionam? 

As empilhadeiras são compostas por paletes de polipropileno, madeiras ou metal onde o material é carregado, duas pontas na frente, conhecidas como garfos, para pegar e içar a carga e a cabine, onde o operador comanda a máquina. 

É válido lembrar que existem diversos tipos de empilhadeiras, que se diferenciam pela funcionalidade, tamanho, quantidade de peso que suportam e algumas particularidades.  Mas no geral, a estrutura é a mesma. 

Dicas de como aumentar a durabilidade da empilhadeira

Em geral, as empilhadeiras duram bastante tempo. Mas quanto maior a sua vida útil, melhor. Concorda? Além de evitar transtornos e garantir maior segurança neste serviço, mantê-las funcionando bem é essencial para ter uma máquina econômica. 

Motivos não faltam para ter um cuidado especial com esse equipamento e prezar pela sua vida útil. Então, veja algumas dicas a seguir que vão te ajudar nessa questão!

Manutenção preventiva 

Vamos começar pela dica mais valiosa. Deixar a manutenção preventiva de lado é um dos maiores erros das pessoas, não só para os proprietários de empilhadeiras. Esse cuidado é essencial para evitar maiores transtornos e custos enormes com a máquina. 

Com a manutenção preventiva da empilhadeira, serão feitos ajustes regularmente que visam a conservação do equipamento.  Dessa forma, o risco de falhas e defeitos é diminuído. 

É uma maneira de prevenir diversos problemas na máquina, como mau funcionamento e maior consumo de combustível.  Além de evitar maiores transtornos, ainda reduz os custos com manutenção corretiva, que é muito mais custosa. 

Ou seja, verificar periodicamente se está tudo funcionando perfeitamente e fazer pequenos ajustes caso sejam necessários, são medidas determinantes para a durabilidade do equipamento.

Mão de obra qualificada 

Aproveitando que estamos falando de manutenções, é importante dar a dica de que esses serviços devem ser feitos por profissionais especializados. Empilhadeiras são máquinas industriais e complexas.

Por isso, apenas pessoas que entendam podem mexer em suas peças e fazer as manutenções necessárias. 

Outro ponto importante, ainda sobre profissionais capacitados, é que apenas pessoas especializadas podem operar as empilhadeiras. Além de ser uma questão de segurança, ainda evita danos na máquina. 

Cuidados básicos

Em casos de empilhadeiras elétricas, os cuidados devem ser redobrados. São simples, mas que passam despercebidos, como manter a máquina fora do alcance da água e evitar deixá-la em ambientes quentes, por causa da bateria. 

Já as que são movidas a combustíveis, é importante deixá-la sempre abastecida. Assim como carros, deixar o tanque na reserva pode desgastar as peças das empilhadeiras. 

Alugue a empilhadeira!

Se você precisa de uma máquina como essa para serviços esporádicos ou até mesmo para o dia a dia, a locação de empilhadeiras é uma ótima opção. Isso porque, não terá toda essa preocupação com manutenções e vida útil do equipamento.

Todo e qualquer problema com a máquina, deve ser resolvida pela empresa que está locando a empilhadeira. Ou seja, se der alguma falha, você não ficará sem equipamento, porque outra será enviada “em troca”, e também não arcará com os custos. 

Mais prático, concorda? Diversas empresas locam empilhadeiras, escolha uma qualificada e não terá maiores transtornos!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.